“Aquele que não vive na Graça de Deus, acaba vivendo uma vida sem graça” (Padre Léo, SCJ)


               Com o passar do tempo, vamos descobrindo a graça de ser mais de Deus, mais santo, mais do céu. E graça igual a essa não existe e nem tente procurar porque também não há nada parecido. Venho descobrindo há algum tempo toda a beleza desse estado de espírito e confesso que NUNCA senti algo tão real e intenso quanto o amor de Deus. Padre Léo tem uma frase um tanto engraçada e objetiva, que diz mais ou menos que: “Aquele que não vive na Graça de Deus, acaba vivendo uma vida sem graça”. E era assim que eu vivia minha vida, completamente sem graça. Na verdade, eu pensava que a graça eram as coisas do mundo, as amizades e escolhas erradas. Uma pena esse meu pensamento. Quando tive de fato um encontro e uma experiência de total entrega a Deus, pude perceber e enxergar claramente o quão belas são as coisas do alto. E muito mais que isso, pude descobrir que minha única escolha era por Jesus. Ao perceber isso, me fiz as seguintes perguntas:“Pouts, como pude passar tanto tempo assim? Totalmente perdida, e me achando estar encontrada num mundo onde quem mandava eram meus impulsos e quereres? Como pude passar tanto tempo sem esse amor que me constrange e me envolve a cada encontro?”

Hayanne - Roberto - Léo - Lucas
                Ultimamente, estar na presença de Deus e perto dos que estão também na presença Dele tem sido o diferencial dos meus dias, das minhas semanas e, consequentemente, da minha vida. Engraçado é que antes, o fato de eu ter amigos que não estavam na presença de Deus não me afetava tanto, talvez porque eu ainda não havia vivido um verdadeiro encontro com Deus e não ter a noção de que sou toda e inteiramente Dele. No momento da decisão, precisamos deixar alguns amigos. Fazer as contas do que realmente querermos viver. Distanciar-se desses “amigos”, às vezes, faz parte de um caminho de conversão. E, como tantas outras pessoas, passei por esse caminho. No começo é estranho, não se pode negar. Mas com o tempo, percebemos que isso é de fato o melhor e Deus passa a nos trazer pessoas que estão também no mesmo caminho, vivendo em Sua Presença. Hoje percebo o quão importante é ter alguém durante a caminhada que te fale mais de Deus e que, a cada gesto, te leve pra mais perto Dele. Isso nos encoraja, e é essa  a palavra do cristão; CORAGEM! É preciso ser muito corajoso para ouvir o chamado de Deus todos os dias, e é preciso também ATITUDE para seguir este chamado.

                Há uma peça teatral chamada O CANTO DAS ÍRIAS, da Comunidade Católica Shalom, que retrata muito bem o que venho passando há algum tempo: as quedas, as renúncias, a dificuldade de levantar olhando somente nos olhos de Jesus e, mais do que isso, a glória de passar por todas as provações tendo Jesus ao meu lado o tempo todo. Eu não me lembro bem o dia em que deixei de ser uma iria, acho que talvez porque ainda estou vivendo o processo de deixar de ser.

                No começo, quando me decidi por Jesus Cristo, pensei: “Bem, acho que com Deus a caminhada vai ser bem mais fácil. Afinal, Ele morreu na cruz por nós”. Escrevo esse pensamento rindo até, porque percebo que as coisas foram e são totalmente contrárias ao que pensei. Se alguém lhes disser que a caminhada com Deus é fácil, podem ter certeza de que essa é a maior mentira dita até aqui. Quando nos decidimos pelas coisas do alto, o inferno inteiro se levanta, provações aparecem de todos os lados e tentações que buscam fazer você desistir da caminhada.

                Não pense que Deus é perverso por permitir isso. Não! Isso jamais! Adriano Gonçalves, membro da Comunidade Canção Nova, nos diz em um trecho do livro SANTOS DE CALÇA JEANS:Deus não pode facilitar, pois se fizer isso, tirará a nossa parte, aquela que nos cabe realizar”.

                Vou lhes contar uma história para que possam melhor entender o que eu quis dizer acima:
“Um certo sujeito rezou e pediu ao Senhor que baixasse sua pressão arterial. Deus então disse a ele:
- Meu filho, eu escutei as suas preces e resolvi ajudá-lo. Retire o sal da sua comida e sua pressão vai baixar.
O sujeito olhou para Deus meio desapontado e respondeu:
- Mas Senhor, confesso que eu fiquei um pouco desapontado. Eu esperava um pouco mais de Deus Todo-Poderoso...
O Senhor então lhe respondeu:
- Você não quer a minha ajuda, você quer que eu faça as coisas por você! Assim a sua vida não vai funcionar!”

                Bem, já ouvi um grande amigo meu dizer: “O céu começa nas pedras, naquela terra cheia de pedrinhas que machucam nossos pés ao pisarmos descalços...” E é exatamente assim. Não é que Deus seja mau. NUNCA! Somente que são as nossas escolhas que nos fazem desviar do nosso real propósito com Deus. E é aí que as coisas começam a se complicar, quando então começamos a querer que tudo fique mais fácil e que Deus começa a fazer por nós o que nos cabe exclusivamente. Ele caminha conosco e nos ajuda a levantar cada vez que tropeçamos nas nossas vontades e caímos nos nossos pecados. Mas Ele não pode levantar por nós! Essa é a parte que nos cabe! Só nós podemos fazê-la!

                Quer ver um exemplo muito simples disso? Jesus todos os dias bate à porta do nosso coração, e enquanto nós não a abrimos, Ele não entra, não pula a janela e nem arromba a porta. Ele simplesmente espera! E quando caímos, como já disse, Ele não pode se levantar por nós. Esta é a nossa parte: PERMANECER DE PÉ! Não pense você que, por isso, Deus deixa de ser quem é. Muito pelo contrário, Ele não sai do seu lado e quando você decide levantar, sabe o que Deus faz? Pega em suas mão e diz: “Vem, meu filho, deixa que eu te ajudo!” E em seguida, limpa as sujeiras do seu joelho.

                Garanto a vocês que, recompensa maior que o céu, não há!

                Encontro vocês a caminho do céu! 
               
               Shalom!

















Hayanne Cristhian
4 de março de 2012

2 comentários:

  1. Perfeito é a palavra mais correta pra descrever o seu testemunho.
    Simplesmente você falou por mim. Você disse tudo o que estava se passando em meu coração.
    O caminho com Deus é agradável demais,porém,sempre haverão alguns obstáculos. Obstáculos mais conhecidos por provações. Como você disse,não é que Deus seja mal,muito pelo contrário. Maior prova de amor não há do que Ele nos colocar provações. As provações vão nos fazer pensar se é realmente isso que queremos. Se realmente estamos dispostos a virar de costas pro mundo e viver somente para Deus.
    Eu fiz a minha escolha e não me arrependo nem um pouco de tê-la feito. Caminha com Deus é bom,é difícil,é muito difícil,mas também é muito bom.
    Não vai ser fácil. Mas no fim,nada será melhor do que viver eternamente na presença d'Ele. ;D

    ResponderExcluir
  2. Lindo, perfeito e inspirado. Adorei, quando precisar de algo pra me encorajar tenha certeza que vou ler esse texto. Hay, você é uma graça de Deus, Parabéns, Continue assim. s2 '

    ResponderExcluir