AGAPE

Amada juventude católica, trago ao nosso blog mais uma maravilhosa colaboração de duas meninas que têm o Céu no coração, e o desejo de viver este Céu já aqui neste tempo. Deixo a vocês a maravilhosa partilha de Thais Marcelino, que já postou seu maravilhoso testemunho sobre perdão aqui no nosso blog, e o de Roberta Carmem, "caloura" aqui, mas cheia da unção de Deus para falar-lhes. Desfrutem! Meninas, God Bless You!
Ágape


Olá amados estava morrendo de saudades desse blog maravilhoso. Hoje vou deixar a vocês essas palavras de uma irmãzinha, uma jovem PHN, complementei determinadas partes com minhas palavras.

 "Vejam como eles se amam!"... Era assim que os pagãos reconheciam os cristãos. Eles se amavam. E além de tudo, amavam a Deus!

Tento aplicar isso aos dias de hoje, porem por mais que eu tente, as atuais circunstâncias me limitam a essa tentativa. Não consigo mais achar esse amor puro. Esse amor divino... o Ágape.

Ás vezes pergunto: "Ágape, cadê você?", mas não tenho resposta. E então, me ponho a procurá-lo.. Procuro através de uma palavra que liberte, através de um sopro santo, de um ato de bondade. Porém só vejo inveja, desamor, ódio! E outra vez me ponho a perguntar: "Ágape, cadê você?"

Saio às ruas tentando achá-lo. Mas como sempre, nunca o encontro.

Sento-me em frente a uma igreja. E novamente, me vem à cabeça a frase que é difícil de ser dita hoje: "Veja como eles se amam!"... Olho ao meu redor, procurando um sinal de glória, um momento que eu realmente possa dizer tal frase... Procurando um verdadeiro Ágape! Procurei-o em todas as partes, em todos os lugares, mas foi em vão. Então fui embora sem esperanças...
Chegando a noite, fui à missa, e no caminho, reparei que na igreja, foi o único lugar que eu realmente não o procurei...

Quando adentrei à Igreja, vi aquelas pessoas felizes, se abraçando, rindo. E a primeira frase que me veio à cabeça, foi: "Veja como eles se amam!". Mas de repente, uma coisa reluzia na luz da Igreja... E isso me chamou a atenção. Era um ostensório, com a Hóstia Consagrada dentro... E dali em diante, não tive mais dúvidas.. Ele, o Supremo Criador, permitiu que Seu Divino Filho se fizesse pão e vinho, para que nós pudéssemos entender o verdadeiro amor! Era ELE. O Ágape estava ali.” 

       Qual é a essência do amor de DEUS na nossa vida hoje? Quais são os setores de nossa vida que não estamos permitindo que o Ágape entre e tome por suas mãos espirituais, todos os nossos desejos, anseios e dores?
       Pois é bem o Ágape esse sopro santo quer poder contagiar-nos com a busca pela santidade que pode nos proporcionar. Onde encontrar esse Ágape?  

      Vivemos em uma sociedade um tanto quanto preconceituosa. Ao passarmos por aquele “homem maltrapilho” despido de dignidade, jogado à margem da sociedade, uma sociedade onde valemos pelo que temos financeiramente, e não pelo que podemos apresentar na sociedade com nossos  valores éticos, culturais e principalmente religiosos. Tais personagens estão sempre destinados a sofrerem nossa rejeição. E o Ágape que existe nesse irmão, que está sujo e imundo por fora, fica escondido fisicamente,  nós permitimos que essas imundícies turvem nossa visão de enxergar esse amor soberano que é o Ágape.
        E nós que nos julgamos tão superiores a esse homem, quantas vezes estamos ainda mais sujos dessas imundícies do mundo, que insistem em penetrar dentro de nossos corações, roubando-nos nossa identidade natural de pertencermos ao Ágape.
        
A escolha está em nossas mãos. Podemos permitir que o Ágape tome pra Si o que de fato lhe pertence, ou podemos nos auto sentenciarmos à escravidão interior,  ao optarmos por essa imundície marginal da sociedade humana. Contudo, ainda assim, o Ágape continua a te acompanhar.

A escolha é sua! A escolha é nossa!

A Paz de Cristo o Amor de Maria e a Efusão do Espírito Santo.

Thais Marcelino / Roberta Carmem


Um comentário:

  1. Que belíssima verdade temos exposta neste texto! Onde está Ágape? Onde anda o verdadeiro amor que ama sem distinção, ama a todos sem fazer diferenças e sem excluir? Onde anda o amor que tantas pessoas falam, mas poucos vivem? Andamos por tantas terras em busca Dele, trava-se tantas batalhas em nome Dele; mas o essencial não fazemos, que é olhar para dentro de nós mesmo e ver que Ele está ao alcance de todos, porque somos nós o "jarro de barro" escolhido para guardar tamanho tesouro; notar que sua presença se torna mas intensa e que podemos até tocar quando amamos o irmão do lado, mesmo ele sendo maltrapilho e fedorento. Quem já fez essa experiencia de chegar a um desses pequeninos sujos e fedorentos e dá um beijos, olhar no fundo dos olhos dele e ver que bem ali podemos ver a expressão mais bela do Ágape? Deus é Ágape, e Ele está em todas as partes

    ResponderExcluir